Contra o Atlético-MG, Flu tem chance de afastar a chance de crise

Publicado em: 10/06/2018 às 06:20hs

Depois de bom início no Campeonato Brasileiro, equipe carioca acumula três rodadas sem vencer e busca pontos para voltar a brigar na parte de cima da tabela.

Grupo tem sofrido com lesões e suspensão nesta fase do campeonato (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

Grupo tem sofrido com lesões e suspensão nesta fase do campeonato (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.) Foto: LANCE!

Neste início de Campeonato Brasileiro, o Fluminense está contrariando um famoso ditado. Depois da bonança, com um início promissor, quando chegou a vislumbrar a briga pela liderança, veio a tempestade, com inúmeros desfalques e três jogos sem saber o que é vitória, tendo perdido, inclusive, para o então lanterna Paraná. Hoje, diante do Atlético-MG, no Independência, o time de Abel Braga tem a chance de afastar das Laranjeiras qualquer indício de crise. A partida acontece às 16h .
Apesar da fase pela qual o time está passando, Abel Braga não parece preocupado e ressalta que a pressão da torcida não é uma situação inédita no Fluminense.
Publicidade
– Que pressão, cara? O Flu está acostumado com isso – disse ele, ao ser questionado sobre o tema após a derrota no clássico com o Fla.
Novamente tendo problemas para escalar a equipe, Abel tem um quebra-cabeça em mãos e a formação que será utilizada ainda é uma incógnita. O treinador pode optar pelo 3-6-1, como fez contra Grêmio e Flamengo, ou manter o 3-5-2 que vinha utilizando ao longo da temporada, tendo Pablo Dyego e Matheus Alessandro como opções para formar dupla com João Carlos.
Como de costume, o treinador tricolor demonstrou confiança nos jogadores que estão sendo os escolhidos para começarem as partidas e garantiu que os desfalques não podem ser desculpas para os resultados negativos.
– Todo time sente falta de jogador titular. Se eu disser que fizeram falta (Marcos Junior e Pedro), estarei dando desculpa. Entramos em campo com que temos. Demos confiança a todos. Vocês sabem da capacidade dos jogos jogadores ausentes – ressaltou, na ocasião.
Sempre que teve oportunidade, Abel exaltou a entrega e comprometimento do Fluminense em campo e garantiu que, apesar do elenco enxuto, havia muita luta pelos bons resultados.
Contra o Atlético-MG de Thiago Larghi, uma oportunidade de vencer e ter um reencontro com a torcida (contra o Santos) um pouco mais tranquilo.

 

Fonte: O Lance

Share

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *