Corinthians evita euforia pós-Derby por foco total na Libertadores

Publicado em: 14/05/2018 às 07:15hs

O Corinthians conseguiu uma importante classificação às quartas de final da Copa do Brasil e fechou a semana com uma vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, ambas na Arena, mas não quer euforia com o bom retrospecto recente antes da partida desta quinta-feira. De olho em uma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores da América e um certo alívio ao assegurar a disputa de três competições após a Copa do Mundo, a movimentação é para evitar um relaxamento no embate.
O técnico Fábio Carille foi um dos que mais bateu nessa tecla. Em meio aos elogios aos jogadores pela boa apresentação frente ao arquirrival, incluindo algumas avaliações individuais para Pedrinho e Jadson, por exemplo, ele fez questão de ressaltar a importância de vencer o Deportivo Lara-VEN. “Agora é trabalhar para selar nossa classificação lá na Venezuela”, relembrou ele em duas oportunidades.

A situação alvinegra no torneio continental parecia bastante tranquila após a vitória por 1 a 0 sobre o Independiente, na Argentina, mas perdeu um pouco da “gordura” no Grupo 7 ao ser derrotado pelos próprios argentinos em Itaquera, recolocando o time de Avellaneda na briga pela classificação à próxima fase.

Com sete pontos conquistados, o Timão tem um de vantagem sobre o Rojo e o próprio Lara, rival que pretende lotar o estádio em busca de uma inesperada classificação. O último colocado é o Millonarios, com quatro pontos somados até o momento. A próxima rodada reserva, além do duelo em Barquisimeto, às 21h45 (de Brasília) da quinta-feira, um encontro entre Independiente e Millonarios, na Colômbia, no mesmo horário.

Caso consiga a vitória, o Alvinegro assegura a vaga antecipada na próxima fase, já que não poderia mais ser alcançado pelo Lara e por um dentre Independiente e Millonarios. Um empate mantém o time em vantagem para a rodada final, enquanto uma derrota obriga a equipe a vencer o Millos na última rodada, no dia 24, na Arena.

“Sabemos da importância dessa partida, vamos descansar bastante para poder fazer mais um grande jogo lá”, avaliou o meia Rodriguinho, com discurso semelhante ao do paraguaio Balbuena. “A gente não pode ficar se prendendo ao fato de estar entre os líderes no Brasileiro, isso importa só lá na frente. Vamos concentrados para fazer um jogo no mesmo nível de hoje (domingo) na Venezuela”, concluiu o paraguaio.

Fonte: o Lance

Share

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *