Cruzeiro é intimado a pagar multa de R$ 10 milhões de Fred

Publicação: 2 MAR 2018 15h29 atualizado às 15h41Cruzeiro recebe intimação a respeito de multa do atacante Fred(Foto: Dudu Macedo/Fotoarena/Lancepress!)
Cruzeiro recebe intimação a respeito de multa do atacante Fred(Foto: Dudu Macedo/Fotoarena/Lancepress!)

Clube mineiro dará resposta a Justiça na segunda-feira. Até lá, Raposa continua avaliando as alternativas jurídicas para evitar o depósito do valor referente ao camisa 9

O Cruzeiro recebeu, na quinta-feira, a intimação para depositar os R$ 10 milhões, referentes à multa do atacante Fred, em uma conta judicial. O clube tem até 72h desde a chegada da notificação para fazer o pagamento. O prazo, então, é até terça-feira. A diretoria celeste acredita que tem condições jurídicas para discutir a multa e conseguir uma vitória na Justiça. O Cruzeiro informou que dará uma resposta sobre o caso até a próxima segunda-feira.

O juiz Marco Aurélio Chaves Albuquerque, da 24ª Vara Cível de Belo Horizonte e que cuida do processo entre entre WRV e Atlético-MG, anunciou que se o Cruzeiro não cumprir com a determinação, será enquadrado no crime de desobediência. O jurídico do clube pode recorrer da decisão já que a multa ainda está sendo discutida na Câmara Nacional de Resolução de Disputas, da CBF.

Vale lembrar que ao rescindir o vínculo com o Atlético-MG, Fred não poderia assinar com a Cruzeiro, se o fizesse teria que arcar com uma multa de R$ 10 milhões, por ter infringido o contrato. O camisa 9 e representantes aceitaram o acordo. Quando assinou com o Cruzeiro, o atacante notificou o clube sobre a existência da multa, e a diretoria celeste, ciente da situação, contratou Fred e se responsabilizou por pagar o valor. No entanto o montante deveria ter sido quitado no dia 17 de janeiro, um dia depois de Fred ter sido regularizado.

O Cruzeiro decidiu levar a avaliação da multa para o departamento jurídico e o Atlético-MG ingressou com uma ação na Câmara Nacional de Resolução de Disputas, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), cobrando o valor do camisa 9. A Câmara ainda não avaliou a validade da cobrança.

Já na esfera civil, a WRV, credora do Atlético-MG, entrou com ação na Justiça pedindo o bloqueio dos R$ 10 milhões de Fred, para que o dinheiro fosse usado no pagamento da dívida que o Galo tem com a empresa desde a década de 1990. Nesta ação, o Cruzeiro deu garantias para pagar o valor.

Fonte: Terra/ Lance

Share

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *