Flamengo dá pistas de que vai “abandonar” o Brasileiro

Publicado em: 23/09/2021 às 09h10

A vitória por 2 a 0 sobre o Barcelona sul-americano na primeira partida da semifinal da Libertadores deixou o Flamengo a um passo da decisão. Embora o placar no Maracanã pudesse ter sido mais elástico, o time vai para o Equador na semana que vem com amplo favoritismo para conseguir a vaga. O campeão da Libertadores será conhecido em 27 de novembro, em Montevidéu. Até lá, as pistas já foram dadas mais de uma vez, o Fla deve deixar o Brasileiro de lado.

Flamengo vai muito bem na temporada, mas deve deixar Brasileiro de lado

Flamengo vai muito bem na temporada, mas deve deixar Brasileiro de lado Foto: Maga Jr/Ofotografico / Gazeta Press

 

O técnico Renato Gaúcho tem essa peculiaridade ao treinar grandes clubes do País. Prioriza a Libertadores e a Copa do Brasil e larga o Brasileiro. Como o Flamengo se vê distante em pontos ganhos do Atlético-MG, o líder da Série A, não é arriscado supor que Renato ponha em prática mais uma vez a sua estratégia – diga-se, a contragosto dos flamenguistas, ávidos por um tricampeonato: o Rubro-Negro ganhou o Brasileiro em 2019 e 2020.
Ninguém flagrou Renato falando sobre isso enfaticamente. Tampouco os jogadores demonstraram até agora que essa é a tendência. Logicamente, vão negar isso o tempo todo. Mas o técnico interferiu (ou deixou de interferir) no time em dois jogos do Brasileiro, nos quais o Fla deixou de somar pontos, por causa da proximidade de compromissos que não diziam respeito à competição que reúne as 20 melhores equipes do Brasil.
No empate contra o Ceará (1 a 1), em 22 de agosto, num jogo em que poupou Arrascaeta, e na derrota para o Grêmio (1 a 0), na última rodada, numa partida em que os jogadores pareciam desinteressados e nem por isso receberam de Renato a cobrança de praxe, ficou evidente que o foco do Flamengo não é mais o Brasileiro.
Uma coisa é certa entre os que conhecem minimamente os bastidores do futebol. Não é preciso dizer, em várias situações, o que deve ou não ser feito. Bastam as atitudes. Renato tem enfatizado para o grupo de jogadores a importância do título da Libertadores. Primeiro, por que classifica o Flamengo para o Mundial de Clubes, com grande chance de ter de enfrentar o Chelsea numa final. Aí, entra a outra questão – visibilidade internacional e valorização profissional.
Além disso, o Rubro-Negro tem a reta final da Copa do Brasil pelo caminho – vai enfrentar na semifinal o Athletico-PR.
Fonte: O Lance

Share

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *