Herói mais recente, Arrascaeta precisa de menos que cinco finalizações para ir à rede

Publicado em: 19/03/2020 às 08h20

Uruguaio ratificou a sua eficiência diante da Portuguesa, no último sábado, atingindo a marca de 43 participações diretas para gol, em 61 partidas; paralisação ainda pode ajudá-lo.

Com belo gol, Arrascaeta decidiu o jogo diante da Portuguesa-RJ (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Com belo gol, Arrascaeta decidiu o jogo diante da Portuguesa-RJ (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo) Foto: Lance!

Antes de o Campeonato Carioca ser paralisado, o Flamengo recebeu a Portuguesa e esteve abaixo de seu nível técnico habitual. Com portões fechados em jogo que não deveria ter ocorrido, o time de Jorge Jesus venceu a Portuguesa por 2 a 1, no Maracanã, e com o gol da virada apenas nos acréscimos. O herói? Arrascaeta.
O uruguaio acentuou a sua eficiência desde que aterrissou no Ninho do Urubu, no início de 2019. Contra a Lusinha, marcou o seu segundo na temporada, onde já soma três assistências. Ao ampliarmos o recorte desde a sua estreia no clube, o camisa 14 chega a 43 participações diretas em gols, em 61 partidas.
sso faz com que Arrascaeta tenha uma participação direta em gol a cada 102 minutos com a camisa rubro-negra. Já para ir às redes, necessita de 4,9 finalizações – até aqui, soma 20 gols, além de 23 assistências.Ainda sobre assistências: o craque da seleção uruguaia soma uma assistência para gol a cada 5,6 passes que dá para que os companheiros finalizem. Os números são do site Footstats.
PARADA PODE SER POSITIVA
De acordo com números divulgados pelo Fla, Arrascaeta custou R$ 87,4 milhões aos cofres rubro-negros. E cada vez mais o uruguaio valoriza o investimento e ratifica a sua eficiência.
Agora, com a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus, tende a se recuperar de dores musculares e retornar do “zero”, assim como o restante dos jogadores, e não ser tão substituído como tem sido em 2020 (sete vezes em nove jogos), justamente por estar “no limite”, como apontado por Jorge Jesus, recentemente.

 

 

Fonte: O Lance

Share

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *