Rodoviários do transporte coletivo entram em greve na Grande São Luís

Publicado em: 06/02/2024 às 07h50

Ônibus que pertencem ao transporte coletivo não saíram das garagens na manhã desta terça-feira (6) na Grande São Luís — Foto: Nice Ribeiro/TV Mirante

Ônibus que pertencem ao transporte coletivo não saíram das garagens na manhã desta terça-feira (6) na Grande São Luís — Foto: Nice Ribeiro/TV Mirante

Os rodoviários do transporte público iniciaram uma greve desde as primeiras horas desta terça-feira (6) na Grande São Luís.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA) a decisão aconteceu após o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) oferecer uma contraproposta com redução do valor do ticket alimentação, não assegurar a manutenção do plano de saúde e não ofertar qualquer percentual de reajuste nos salários, enquanto a categoria quer garantir todos esses direitos. De acordo com os rodoviários, o movimento grevista ocorrerá por tempo indeterminado.

Nessa segunda (5) o desembargador Francisco José de Carvalho Neto, do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (TRT-16) determinou que 50% da frota dos coletivos circulasse na Ilha de São Luís durante o período da paralisação. Em caso de desobediência, será aplicada uma multa diária no valor de R$ 30 mil ao STTREMA.

Além disso, o TRT-16 decreta também a proibição de atos de vandalismo ou qualquer prática que impeça a prestação do serviço de transporte público na Grande Ilha de São Luís, como operações “tartaruga”, “catraca livre” ou piquetes, também sob pena de multa diária de R$ 30 mil.

Na tarde desta terça está marcada, a partir das 14h, na sede do Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA), na capital, uma reunião entre o STTREMA e o SET para debater a Convenção Coletiva de Trabalho de 2024 e o possível fim do movimento grevista.

G1 Maranhão

Share

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *